Jogador paraguaio aproveita distração para desamarrar chuteira de brasileiro

Antes de bater uma falta, jogador mexeu no calçado de Carlos Alberto, que ainda sofreu com ofensas racistas na partida

Relacionadas

Com vantagem após empatar em 3 a 3 na Arena da Baixada, o Desportivo Capiatá abusou da catimba no jogo dessa quarta-feira, 22, contra o Atlético Paranaense pela terceira fase da Libertadores. Mesmo assim, o time brasileiro conseguiu reverter a situação com um gol do argentino Lucho González, garantindo classificação para a fase de grupos, na qual a equipe enfrentará o San Lorenzo, da Argentina, o Flamengo e o Universidad Católica, do Chile.

Aos sete minutos do primeiro tempo, o atacante Julio Irrazábal se aproveitou da cobrança de uma falta para desamarrar as chuteiras do volante Carlos Alberto, cena mostrada por canais de televisão como a Fox Sports e a America TV, do Paraguai. Além da malandragem dos adversários, o brasileiro ainda teve que enfrentar ofensas racistas vindas da torcida adversária, que o chamou de "macaco" repetidas vezes.

MAIS SOBRE:

FutebolFutebolLibertadoresClube Atlético Paranaense
Comentários