Campanha que mistura Corinthians e religião divide a torcida: 'desrespeito'

Ação 'Corinthianismo - Fiel até o fim' foi lançada nesta segunda-feira

Relacionadas

Na noite desta segunda-feira, o Corinthians lançou uma nova ação de marketing. Desta vez não se trata de zoar os protestos no São Paulo ou criar músicas sobre o rival paulista, mas resgatar e mostrar o valor da torcida que encara o amor pelo clube alvinegro como uma religião.

Por isso o nome da campanha: "Corinthianismo - Fiel até o fim". No vídeo divulgado no perfil oficial do Twitter, o clube relembra revezes históricos, como o rebaixamento no Campeonato Brasileiro de 2007, a eliminação diante do Tolima na pré-Libertadores de 2011, a derrota por 5 a 1 diante do Santos e os 23 anos sem títulos entre 1954 e 1977.

"O Corinthians é muito mais que um clube de futebol. O Corinthians é uma religião. É uma grande nação, mas muito mais que isso. O Corinthians é uma voz. O Corinthians é uma força, é uma forma de expressão que a sua população tem", diz ninguém menos que Sócrates na ação. 

As expressões gestuais do Doutor são utilizadas para fazer o elo com as imagens de caráter religioso. A junção de futebol e religião dividiu os torcedores. "Não gostei, passou dos limites", escreveu um. "Religião, política e futebol são assuntos que não se misturam", defendeu outro. 

"Sou corinthiana e católica e acho uma falta de respeito beirando a zombaria com a religião", "Pra mim é desrespeitoso com quem é religioso e no que eles acreditam", "A parte que tem um sujeito crucificado no travessão é uma das coisas mais tristes que eu já vi" e  "O maior detalhe e mais bizarro de todo: Sócrates era ateu" são outros comentários negativos. Socrátes morreu em 2011.

No fim do clipe promocional, está a narração do bicampeonato mundial seguido por imagens de torcedores vibrando com as vitórias do clube. Além da produção em vídeo, a ação conta com dez mandamentos cravados em pedra instalada na Arena Corinthians, santinhos, terços, velas e livros próprios, além de camisetas e ações nas redes sociais. 

No programa Bem, Amigos! do SporTV, o diretor de marketing do Corinthians, Luis Paulo Rosenberg, explicou a campanha. "O que nós queremos mostrar é o seguinte: podemos continuar sofredores porque as vitórias virão. Nós nunca vamos perder a crença, essa fé, não é à toa. Somos a Fiel. O fato de nosso estigma ser fiel, sugeriu um comportamento religioso, de esperança, um ritual... A gente afunda e volta", resumiu.

Os 10 mandamentos do "Corinthianismo":

"Amar o Corinthians acima de qualquer resultado, partida e jogador."

"Nada é mais importante do que o jogo do Corinthians."

"Aqui é Corinthians. Aqui é na raça".

"A Fiel não vaia. A Fiel apoia os 90 minutos"

"Nossas glórias mil são contra tudo e contra todos"

"O bando grita mais forte quando o Timão está perdendo"

"Sofredor hoje. Sofredor amanhã. Sofredor para sempre. Graças a Deus".

"Este time só tem um dono. Este time é do povo"

"Eu nunca vou te abandonar. Porque eu te amo"

"Vai, Corinthians!"

 

MAIS SOBRE:

futebolCorinthiansSócratesreligião
Comentários