Patrocínio errado no uniforme faz Atlético-MG ser punido na Libertadores

Por falta de visibilidade de emblema do torneio, clube terá de pagar multa de R$ 18 mil

Relacionadas

O Atlético-MG recebeu nesta quinta-feira uma punição da Confederação Sul-Americana de Futebol (Conmebol). Como o clube usou na manga da camisa um patrocínio que conflitou com o patch (emblema) da Copa Libertadores, a entidade considerou que a equipe desrespeitou o regulamento. A diretoria terá de pagar uma multa de R$ 18 mil pelo caso.

A Conmebol se embasou no artigo 64 da competição, que determina a obrigatoriedade de o emblema do torneio ser usado na manga das camisas em um espaço livre de patrocínios. Porém, no jogo contra o Danubio, no Uruguai, o Atlético-MG fixou o patch em um local do uniforme em que o distintivo figurava entre os anúncios da empresa MRV, na manga direita.

Como possivelmente o Atlético-MG repetiu o mesmo problema com o uniforme nos outros jogos, pode receber multas parecidas. O caso não permite recursos. Ao menos o time vivem bom momento da competição, pois na última semana eliminou o Defensor, também do Uruguai, e se garantiu na fase de grupos.

MAIS SOBRE:

futebolAtlético Mineiro
Comentários