Paysandu provoca o rival Remo em venda de álcool em gel: 'mata até leão'

Cube também passou a confeccionar e comercializar suas próprias máscaras de proteção

Relacionadas

O Paysandu anunciou, na última sexta-feira (22), que passará a vendar um álcool em gel personalizado do clube. No anúncio, feito através de suas redes sociais, a equipe não perdeu a oportunidade de alfinetar seu maior rival, o Remo, com a hashtag #MataAtéLeão, que faz referência à mascote da equipe, o Leão azul-marinho.

O álcool em gel tornou-se um item indispensável para a prevenção do novo coronavírus (covid-19). O clube, assim como tantos outros do futebol brasileiro, também passou a confeccionar e comercializar suas próprias máscaras de proteção estilizadas. A utilização do produto se tornou obrigatória em território nacional.

O vídeo foi apenas um “esquenta” para a venda oficial do item, que ainda não possui data para comercialização. Ceará e Fortaleza, no início da propagação da covid-19, no Brasil, já haviam adotado a mesma medida e foram pioneiras na venda de álcool em gel personalizados.

A comercialização de itens customizados de prevenção ao novo coronavírus tem se mostrado uma fonte de renda e, por vezes, de marketing, para os clubes em meio à pandemia. Há situações em que parte das receitas, oriundas da venda desses produtos, sãos direcionadas à famílias que se encontram e situação de vulnerabilidade. 

 

MAIS SOBRE:

futebolPaysandu Esporte ClubeClube do Remo
Comentários