'Pensei que tínhamos um Pelé', lembra Wenger sobre quando conheceu Mbappé

Na opinião do treinador, o atleta do Paris Saint-Germain 'já é um jogador de nível mundial'

Relacionadas

O francês Arsène Wenger, que comandou o Arsenal por 22 anos em seu último trabalho como técnico, revelou que quando viu o atacante Kylian Mbappé pela primeira vez pensou que havia nascido para o futebol um novo Pelé, agora para a França.

"Na primeira vez que vi Mbappé pensei que já tínhamos um Pelé na França", disse Wenger no tapete vermelho dos prêmios Laureus World Sports Awards. Na opinião do treinador, o atleta do Paris Saint-Germain "já é um jogador de nível mundial".

Mbappé concorreu ao prêmio de melhor atleta internacional da atual edição do evento. Além disso, a seleção da França, da qual o jogador faz parte, foi indicada na categoria de melhor equipe.

Entre as entrevistas concedidas por Wenger durante a premiação, ele também admitiu que pode ter chegado a hora de mudar de função. Enquanto não decide seu futuro, aproveita para viajar e conhecer o esporte pelo mundo. "Meu futuro é desconhecido até para mim mesmo. Estou bem aberto, você sabe. Eu aprecio a vida agora e tenho viajado bastante pelo mundo, para ver como o esporte se desenvolve. É interessante como ele se tornou algo importante", disse o treinador.

 

MAIS SOBRE:

futebolKylian MbappéArsène Wenger
Comentários