Por expulsão, árbitro argentino sofre agressão repentina e é hospitalizado

Luis Ángel Maciel chegou a ser levado para a delegacia, mas depois foi liberado

Relacionadas

Mais um acidente violento marcou o futebol argentino no último fim de semana. No domingo, durante a partida entre Club Mitle e Sporting, o árbitro Gabriel Cortínez apitava o duelo pela Liga Posadeña quando sofreu uma agressão inacreditável.  

O torneio regional já estava nos acréscimos quando o árbitro Gabriel Cortínez expulsou Matías Benitez após mostrar o segundo cartão amarelo. Naquele momento, o placar já estava em 3 a 1 para os donos da casa. 

Luis Ángel Maciel, companheiro de Benitez no Sporting, não concordou com a marcação do juiz e decidiu partir pra agressão. Sem sequer dirigir a palavra a Cortínez, o jogador dá dois socos no rosto do árbitro que cai no gramado do estádio Gigante de Rocamora com a boca ensanguentada. 

Depois disso, um outro fato bizarro aconteceu: o resgate ao juiz que precisou ser levado ao hospital também foi um desastre.De acordo com o periódico argentino Olé, foram necessários 50 minutos de espera até que uma ambulância chegasse ao local para atender o juiz e o levar até o hospital mais próximo. 

"Olhei o cronômetro e faltava um minuto e meio. Aí eu recebi esse golpe que me deixou desacordado", comentou Cortínez ao site Doble 5. "Eu estava contente com a partida", lamentou. Segundo o veículo, o juiz ficou hospitalizado e ainda estava sendo observado por médicos na manhã desta segunda-feira.

 

MAIS SOBRE:

Futebolfutebolagressão físicaarbitragem esportivaGabriel Cortínez
Comentários