Preparador virtual e narração coletiva: como a Espanha ameniza crise

Sem futebol, clubes do país usam a internet para fazer ações criativas contra o coronavírus

Relacionadas

Com o Campeonato Espanhol parado por causa da pandemia do novo coronavírus, os clubes do país ainda não fecharam suas portas completamente. Embora atualmente não exista nenhuma competição em atividade, os clubes estão ativos, principalmente para atuar como modelos e porta-vozes de um comportamento responsável neste momento difícil. A Espanha teve quarentena decretada em todo o seu território.

Duelo entre Leganés e Real Valladolid nas redes sociais

No último fim de semana, deveria ter sido disputada a partida entre Leganés e Real Valladolid. Mas, assim como o restante da competição, ela acabou sendo adiada. O Leganés decidiu "disputar" o jogo por meio de suas redes sociais, simulando como poderia ter sido o embate, narrando em "tempo real", minuto a minuto. E, logicamente, os donos da casa foram os vencedores.

Leganés abre sessão de treinos

Com os centros de treinamento fechados em praticamente toda a Espanha, os órgãos técnicos dos clubes forneceram aos jogadores sessões de atividades para realizar em suas respectivas casas. O Leganés colocou seu treinador físico para orientar essas sessões on-line e as abriu ao público em geral.

​Getafe narra um gol com todos os locutores

Uma das campanhas de conscientização mais originais da Espanha foi realizada pelo Getafe, que reuniu (à distância) todos os locutores do Campeonato Espanhol para narrar um gol, como costumavam fazer em seus respectivos estádios. Assim, eles enviam uma dose de encorajamento até que possam voltar a ser ouvidos nas "fábricas de sonhos" da LaLiga.

 

Athletic Bilbao envia mensagens em seu estádio

O Athletic Bilbao aproveitou o teto do estádio Nuevo San Mamés para projetar mensagens de encorajamento para a população, e agradecimentos aos grupos mais envolvidos na superação dessa pandemia, como as unidades de saúde.

Cádiz vira exemplo para outros clubes

O Cádiz decidiu disponibilizar suas redes sociais às autoridades para ampliar o alcance das mensagens institucionais à sociedade - aproveitando o grande número de seguidores e também o bom engajamento que possui. Além disso, acabou incentivando o resto dos clubes profissionais e não profissionais da Espanha, que logo fizeram o mesmo.

MAIS SOBRE:

futebolCampeonato Espanhol de Futebolcoronavírus
Comentários