Presidente confirma que Atlético-MG não entrará em campo contra a Chapecoense

Daniel Nepomuceno confirmou posição do clube mineiro nesta quinta-feira

Relacionadas

Em declaração aos jornalistas na Cidade do Galo, o presidente do Atlético-MG, Daniel Nepomuceno, confirmou que o clube não entrará em campo para a partida do próximo dia 11 contra a Chapecoense, em Chapecó, pela última rodada do Campeonato Brasileiro. 

Nepomuceno afirmou que já comunicou Marco Polo Del Nero, presidente da Confederação Brasileira de Futebol (CBF) sua decisão. "No momento de dor e respeito à tragédia, ficamos de luto e tem que ficar resignado e respeitar e não simplesmente ir para a TV e ficar declarando. Vim aqui para informar que o Atlético não irá jogar a última partida. A gente respeita a dor, não é momento para cobrar de jogador nenhum a receita do esporte."

Segundo o Regulamento Geral das Competições da CBF, se após uma espera de 30 minutos da comissão de arbitragem um clube não se apresentar para a partida, o adversário deve ser considerado vencedor por 3 a 0. Se os dois clubes não jogarem, ambos serão declarados derrotados por 3 a 0.  

MAIS SOBRE:

futebolatletico-mgChapecoense
Comentários