Presidente de clube paulista morre minutos antes de último jogo como dirigente

Senerito Souza, dirigente do União Mogi das Cruzes, sofreu um infarto minutos antes da partida contra o Cruzeiro, pela Copa São Paulo de Futebol Júnior

Relacionadas

O presidente do União Mogi das Cruzes, Senerito Souza, de 63 anos, morreu de infarto fulminante neste domingo, 7, antes da última partida como dirigente do time. O clube disputa a Copa São Paulo de Futebol Júnior e já foi a casa de Neymar, pai de Neymar Jr., na década de 1990.

Senerito estava no Estádio Francisco Ribeiro Nogueira, em Mogi das Cruzes, à espera do início da partida, quando sofreu o infarto. Ele recebeu atendimento médico no local e ainda foi levado por uma ambulância a um hospital da região, mas não resistiu. O presidente do clube já há havia sofrido outros infartos anteriormente e realizado uma cirurgia no coração. 

No segundo mandato consecutivo como presidente, Senerito estava emocionado por presenciar o último jogo no cargo, caso o clube não se classificasse para a segunda fase. Ainda neste mês, o União Mogi elege um novo Conselho Deliberativo para depois convocar as eleições para a nova presidência. Como a equipe só disputaria a Segunda Divisão do Campeonato Paulista a partir do fim de março, Senerito não estaria mais no cargo.

A partida foi iniciada após o retorno ao estádio da ambulância que levava o presidente do clube. Em campo, o União Mogi perdeu do Cruzeiro por 2 a 0.

As informações são do Globo Esporte.

MAIS SOBRE:

FutebolUnião MogiInfarto
Comentários