Presidente da Fifa diz que 'futebol é o que é hoje graças à Argentina'

Gianni Infantino, no entanto, reconheceu que, 'do ponto de vista administrativo, o país está um pouco mal, como a própria Fifa'

Relacionadas

Em Buenos Aires para conhecer detalhes da candidatura tripla de Argentina, Uruguai e Paraguai para a Copa do Mundo de 2030, Gianni Infantino não economizou elogios ao futebol do país. Para o ítalo-suíço, o "futebol é o que é hoje graças à Argentina". 

"Não é somente uma honra e um prazer estar aqui na Argentina, como também a emoção de estar em um país que tem uma cidade que escreveu muitas das páginas mais emocionantes não da história do futebol, mas da lenda e do mito que é o futebol. Graças à Argentina, o futebol hoje é o que é", declarou Infantino, nesta quarta, 4.

O máximo dirigente da Fifa, que chegou na madrugada de quarta, foi às instalações da Associação do Futebol Argentino (AFA), em Buenos Aires, junto com o presidente da entidade, Claudio Tapia, e o presidente da Conmebol, o paraguaio Alejandro Domínguez. 

 

+ Arena da Copa da Rússia chama atenção por ter arquibancadas externas

 

A jornalistas, Infantino afirmou que "infelizmente, do ponto de vista administrativo, a Argentina tem passado um pouco mal, como outras organizações e até a Fifa". No entanto, "há força e paixão para trabalhar de maneira séria para o desenvolvimento do futebol".

"Argentina deve ser um exemplo não apenas com seus jogadores, como (Lionel) Messi e todos os seus companheiros, como também em relação à liga, os clubes, os torcedores, os árbitros, mulheres e a Federação. A Argentina deve ser um exemplo", completou. / EFE

 

 

MAIS SOBRE:

futebolArgentinaGianni Infantino
Comentários