Jogadores da seleção do Chile se posicionam em relação à crise no país

Claudio Bravo, Alexis Sánchez, Gary Medel, Arturo Vidal e Valdívia fizeram publicações nas redes sociais

Relacionadas

Após os protestos violentos contra o aumento da tarifa do metrô e outras reivindicações, o Chile está em estado de emergência nos últimos dias. Por conta disso, jogadores da seleção do país usaram as redes sociais para demonstrar preocupação e se posicionar em relação à crise

Astros como Claudio Bravo, Alexis Sánchez, Gary Medel e Arturo Vidal protestaram contra o governo de Sebastian Piñera. O jogador Valdívia, ex-Palmeiras e atual Colo-Colo, que havia apoiado Piñera, recebeu críticas e depois declarou se arrepender, afirmando estar do lado da população nas manifestações.

Veja algumas das publicações dos jogadores:

"Onde estão os líderes do nosso país? O que mais temos que esperar para poder escutar soluções? Só precisamos de um líder que fale claro e leve nosso país à calma. O povo quer soluções e nada foi dito claramente. Nunca apoiaremos a violência e nem a destruição. Só queremos um país melhor para todos", escreveu o postou o goleiro Bravo.

"Resista meu Chile querido! Os políticos têm que escutar o povo quando nos fazemos sentir. As pessoas estão passando muitas necessidades e estamos dizendo basta! Sigamos manifestando pacificamente, por favor sem violência, sem saques. Sem nos machucarmos!", postou Vidal, do Barcelona.

"Manifesto com tranquilidade e sem violência! VIVA CHILE!", também publicou Vidal.

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Buscando un mejor Chile para todos!!!???????????????? a manifestarse con tranquilidad y sin violencia!!!?????????????????? ¡¡¡VIVA CHILE!!! ????????????

Uma publicação compartilhada por Arturo Vidal (@kingarturo23oficial) em

"Uma guerra necessita de dois lados e aqui somos um só povo, que quer igualdade. Não desejamos mais violência. Necessitamos que as autoridades digam que vão mudar para resolver os problemas sociais. Elas falam de delitos, e não de soluções de como resolver o problema", afirmou Bologna.

"Os que mais sofrem com isso são os pequenos que não entendem as coisas que acontecem por culpa dos adultos. Devemos estar mais unidos do que nunca por um Chile melhor", disse Sánchez.

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Chile Despertó ???? Escuchen al pueblo !

Uma publicação compartilhada por Alexis Sanchez (@alexis_officia1) em

 

"Hoje em dia não é fácil falar ou dizer coisas. Muitos me criticaram por não dar minha opinião sobre esse conflito social que o país está enfrentando. Eu gostaria de dizer que pensei muito e a primeira coisa é que eles sabem que eu concordo e apoio as demandas sociais", disse Valdivia, ex-Palmeiras que atualmente joga pelo Colo-Colo.

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

No es fácil hablar o decir cosas por decir en estos días. Muchos me han criticado por no dar mi opinión en este conflicto social que está viviendo el país. Quisiera decir que he pensado mucho y lo primero es que sepan que estoy de acuerdo y apoyo las demandas sociales. Y también que desde el fútbol se han dado señales de unión entre los distintos colores para poder llegar a un consenso y una solución para tener un mejor país. Espero que pronto tengamos paz y de paso invito a todos los políticos que se pongan la mano en el corazón para legislar por el bien común y no solo de unos pocos. ?? #LaMarchaMasGrandeDeChile ????

Uma publicação compartilhada por Jorge Valdivia Toro (@jorgitovaldivia) em

MAIS SOBRE:

futebolChile [América do Sul]seleção chilena masculina de futebolClaudio BravoAlexis SánchezGary MedelArturo VidalValdivia
Comentários