Prisão abala relação de Ronaldinho com o Barcelona, diz jornal catalão

Informação foi dada pelo periódico Sport, que revelou a possibilidade do cancelamento de um evento comemorativo do clube com o jogador em agosto

Relacionadas

Um dos maiores craques da história do Barcelona, Ronaldinho Gaúcho segue preso numa cadeia, em Assunção, no Paraguai. O ex-jogador é um dos embaixadores da equipe catalã e faz parte do Barça Legends, programa criado em 2016, que envolve ex-atletas que se enquadram nos valores prezados pelo clube espanhol.

Todavia, com a recente prisão, o Barcelona pensa em removê-lo desse seleto grupo de profissionais. Quem revelou a informação, a princípio, foi o jornal catalão Sport. O periódico afirma que Ronaldinho esteve reunido com a direção do Camp Nou para acertar detalhes de um jogo comemorativo, em agosto, mas com a situação, a preparação do evento "fica no ar e com grandes possibilidades que seja suspensa".

Não é a primeira vez que o Barcelona se indispõem com o craque brasileiro. Durante o período eleitoral, de 2018, a equipe espanhola também deu um passo para trás em sua relação com o ex-jogador, após o campeão do mundo declarar apoio ao, até então, candidato da República Jair Bolsonaro.

A investigação iniciada após o escândalo envolvendo o ex-jogador e seu irmão, Assis, indiciou cinco pessoas, que facilitaram a entrada de ambos no Paraguai. Os advogados de Ronaldinho entraram com um pedido de prisão domiciliar, mas o juiz Gustavo Amarilla recusou o recurso.  

MAIS SOBRE:

futebolRonaldinho GaúchoBarcelona [cidade Espanha]Paraguai [América do Sul]
Comentários