Rashford lançará livro em 2021, em programa de estímulo à leitura

Primeiro livro já tem título e promete incentivar a descoberta dos próprios talentos e superação de adversidades

Relacionadas

O atacante Marcus Rashford, do Manchester United, tem se tornado um grande ícone de lutas sociais em defesa das crianças. Entre as inúmeras benfeitorias estão a pressão para um programa de refeições gratuitas do governo inglês e o mais recente acordo com uma editora para estimular a leitura entre crianças.

O acordo com a editora MacMillan busca alcançar crianças de baixa renda de cinco a 18 anos, que normalmente não têm acesso a livros. Para tal, também há um planejamento para que o jogador lance sua própria obra literária em maio de 2021.

O nome do programa será "Clube do Livro Marcus Rashford" e oferecerá, a partir da disponibilização de títulos pertencentes à editora, o contato com livros de distintas vertentes, que possibilitem inspirar os jovens leitores.

O primeiro livro a ser lançado por Rashford será produzido em conjunto com o jornalista Carl Anka e a psicóloga Katie Warriner. A obra também já ganhou título "You are a champion" (que, traduzido, significa "Você é um vencedor"), tem como público-alvo jovens entre 11 e 16 anos e contará com ilustrações, apresentando histórias do jogador, com ênfase na busca pela descoberta do próprio potencial e superação de dificuldades.

"Que nossas crianças possam ler que não estão sozinhas e que isso as possibilite sonhar. Que as equipemos para os obstáculos e as adversidades que elas poderão encontrar. Que permitamos que elas possam se identificar com os personagens ao garantirmos que pessoas de todas as raças, religiões e gêneros sejam retratadas corretamente e de forma representativa da sociedade moderna. Independentemente de onde você tenha crescido, o talento deveria ser reconhecido e defendido", explicou o atacante do Manchester United.

O atacante de 23 anos contou que começou a praticar a leitura apenas aos 17 anos e que esse hábito lhe possibilitou mudar suas perspectivas e mentalidade sobre o mundo.

"Houve momentos em que, como criança, o escapismo da leitura poderia ter me ajudado bastante. Quero esse escapismo para todas as crianças, não apenas aquelas que podem bancar. Sabemos que há aproximadamente 400 mil crianças no Reino Unido que, hoje, nunca tiveram um livro, crianças que estão em ambientes vulneráveis. Isso precisa mudar. Os meus livros são, e serão, para todas as crianças, mesmo que eu tenha que lhes entregar eu mesmo. Iremos alcançá-las", finalizou.

MAIS SOBRE:

futebolCampeonato Inglês de FutebolManchester United Football ClubMarcus Rashford
Comentários