Renata Fan inicia polêmica ao criticar torcedora agredida no Gre-Nal

Denílson discorda da colega de Jogo Aberto, e Neto se revolta com intimidação a uma criança

Relacionadas

Uma atitude lamentável foi visto no clássico Gre-Nal deste final de semana: torcedores do Inter intimidaram e agrediram uma torcedora do Grêmio que estava acompanhada do filho em um setor destinado ao colorado. A polêmica seguiu nesta segunda-feira, com uma opinião emitida pela apresentadora Renata Fan, da Band, sobre o assunto.

"A gente sabe que o bê-á-bá do futebol não permite isso. Por exemplo, você não pode ir no meio da torcida do Palmeiras e levantar uma camisa do Corinthians. A gente não pode ver um torcedor do Cruzeiro levantar a camisa no meio da torcida do Galo. Isso é o bê-á-bá do futebol. O problema todo é que essa moça estava com uma criança, que foi, de certa maneira, coagida, intimidada, pode ficar traumatizada", opinou a apresentadora.

"Uma criança que está aprendendo a ser um torcedor. Acho que teve truculência dos torcedores do Inter, mas entendo que a mãe deveria zelar um pouquinho mais pelo bem-estar do filho dela", afirmou Renata, que é torcedora do Inter, durante o programa Jogo Aberto.

"Tem muita gente errada. Torcedor não tem que puxar camisa, eu condeno essa atitude, e condeno uma mãe que leva um filho e faz isso, expondo a criança que ela levou ao estádio no setor errado, num lugar que ela não poderia estar como torcedora do Grêmio. Tem limites e regras", prosseguiu.

"Independentemente de ter criança, isso não pode acontecer. Tem a questão do bê-á-bá, mas, quando parte para a agressão, perde totalmente a razão. Isso poderia ter sido evitado", discordou o comentarista Denílson, colega de Renata Fan no programa.

Outro que se revoltou com a atitude dos torcedores do Internacional foi Neto, que apresenta o programa 'Os Donos da Bola', também na Band. "Será que ela (criança) vai ter condições de ir num jogo de futebol? Será que essas pessoas vão virar ídolos do Internacional? Ontem, na hora que eu vi isso, eu chorei. (...) O Internacional tem que pedir perdão para o menino e a mãe. Isso é o maior absurdo que eu vi nos últimos anos. Fiquei revoltado. Nada contra o Internacional. (...) O meu problema aqui é com a criança. A mãe é adulta, ela sabia da responsabilidade dela, a criança não", afirmou.

O Internacional expulsou a mulher que aparece nas imagens e abriu processo disciplinar contra os homens envolvidos. Veja o vídeo da agressão.

MAIS SOBRE:

futebolInter [Sport Club Internacional]GrêmioRenata FanDenilsonNetoBand
Comentários