Ressentido, Pep Guardiola diz que Arsenal não merece respeito 'fora de campo'

Imprensa britânica diz que 'Gunners' lideraram ação para que punição contra o Manchester City fosse mantida

Relacionadas

O treinador do Manchester City, Pep Guardiola, afirmou que o Arsenal não merece respeito fora dos gramados. Isso porque, segundo a imprensa britânica, a equipe comandada por seu ex-assistente, Mikel Arteta, teria liderado uma ação para que a sanção imposta pela Uefa por supostas violações de Fair Play Financeiro não fosse revogada.

“Todos os rivais merecem crédito e respeito e o Arsenal tem pelo que faz dentro de campo, não fora dele”, disse Guardiola, após ser derrotado pelos Gunners por 2 a 0 na semifinal da Copa da Inglaterra.

Há pouco mais de uma semana, o Tribunal de Arbitragem do Esporte (Cas) revogou a sensação imposta pela Uefa, em fevereiro, que proibia o Manchester City de participar de competições europeias por dois anos.

Isso fez com que Chelsea, Burnley, Leicester, Liverpool, Manchester United, Tottenham e Wolves recorressem ao Cas para que a suspensão fosse mantida. De acordo com a imprensa Britânica, o grupo foi liderado pelo Arsenal. 

MAIS SOBRE:

futebolJosep GuardiolaManchester City Football ClubArsenal Football Club [Inglaterra]
Comentários