Revelações perturbadoras de um ex-jogador: incesto, sacrifício de sua mãe...

Ex-atacante gabonês conta ainda que mentiu sobre sua idade

Relacionadas

Shiva N’Zigou, ex-atacante do Gabão que jogou nove temporadas em clubes da França, tanto no Nantes quanto no Reims, fez uma série de revelações ao participar de uma cerimônia da Igreja Evangélica. As afirmações vão desde adulterar seu certificado de nascimento até praticar incesto com sua irmã. 

As imagens da televisão TV2Vie mostram ainda o ex-jogador falando sobre a morte de sua mãe, sacrificada por seu pai para que sua carreira decolasse. "A minha mãe morreu e devo confessar que foi sacrificada", admitiu.

"Assinei muitos contratos, trouxe muito dinheiro para casa mas o meu pai queria ficar com tudo. Me disse que ia matar a minha mãe. Eu recusei e ele fez do mesmo jeito. Decidiu sacrificar a minha mãe para que o seu espírito pudesse me ajudar na minha carreira futebolística", confessou. 

"Quando eu era mais jovem, fiz sexo duas vezes com minha tia, também fazia sexo com minha irmã. Também dormia com um amigo então logo tive relações sexuais com um homem", contou.

Por fim, N'Zigou admitiu sobre falsificar seu certificado de nascimento. "Eu sou cinco anos mais velho. Eu menti sobre a minha idade quando fomos para a França". Até então ele era conhecido como o jogador mais jovem a marcar em uma Copa Africana, aos 16 anos, mas na realidade já tinha 21 anos de idade.

 

MAIS SOBRE:

FutebolfutebolShiva N'Zigou
Comentários