Riquelme detona Maradona: 'Quando fala, prefiro mudar de canal'

Histórico jogador 'cornetou' o ex-meia, dizendo que Tévez era maior que ele na história do Boca

Relacionadas

Três dos maiores ídolos da história do Boca Juniors, Juan Roman Riquelme, Carlitos Tévez e Diego Armando Maradona vivem clima de "guerra" nos bastidores. Depois de discussões sobre a opção de Tevez de ir jogar na China, Riquelme atacou o maior ídolo da história do futebol argentino, que, segundo ele, só fala bobagem.

"Eu não ouvi nada, não me importa o que ele diz. Quando ele fala, eu mudo de canal. Meus amigos sabem que não podem me dizer nada, então eu não me interesso", disse o ex-craque, em entrevista à FOX Sports argentina, respondendo as críticas do ídolo, que disse preferir Tévez a ele na história do Boca.

Riquelme também comentou sobre Tévez, mas, ao contrário do que fez no passado, dessa vez ele não criticou o atleta por ter optado jogar na China para receber um salário astronômico. "Desejo o melhor para ele. É um bom menino. Quando se tem certa idade, cada um sabe o que tem que fazer. Que ele seja muito feliz".

Durante a entrevista, o ex-jogador também comentou sobre a possibilidade de defender o River Plate antes de ir para o Boca. "Quando estava de saída do Argentinos Juniors, tinha tudo certo com o River, mas eu disse que não poderia aceitar, pois minha mãe jamais iria me perdoar. Ela me disse que se eu jogasse no River, ela nunca iria ao campo me assistir". Segundo ele, a rivalidade dentro de sua família é tão grande que ele nunca aceitou uma trocar camisa com jogadores do maior rival após os jogos. 

MAIS SOBRE:

FutebolFutebolBocaBoca JuniorsMaradonaRiquelmeTevez
Comentários