Rival do Atlético-MG e outro venezuelano jogarão duas vezes nesta quarta

Clubes da Venezuela que disputam a Libertadores são afetados pela crise no país de Maduro

Relacionadas

Durante o mês de março, a Venezuela teve grandes problemas com o fornecimento de energia elétrica. Nesta semana, o governo de Maduro decretou um racionamento de energia que durará ao menos 30 dias. Os recentes apagões não afetam só a população, mas também o calendário esportivo.

Apesar de os atletas pedirem que os campeonatos fossem suspensos, eles não foram. E isso vai causar um fato que antes parecia impossível: dois times profissionais entrarão em campo duas vezes no mesmo dia nesta quarta-feira: o Deportivo Lara e o Zamora.  

O Deportivo Lara visita o Llaneros de Guanare às 16h do horário de Brasília pelo campeonato nacional. Apenas três horas e meia depois do fim deste jogo, às 21h30, o time é esperado no estádio onde manda as partidas, em Cabudare, para enfrentar o Huracán pela Copa Libertadores.

Zamora, por sua vez, também vai sofrer as consequências da crise na Venezuela. O time visita o Deportivo La Guaira às 17h do horário de Brasília e tem ainda menos tempo para o próximo duelo: visita o Atlético-MG às 19h15 pela Libertadores. O clube mineiro precisa vencer o Zamora para seguir vivo no torneio continental: com duas derrotas, o Atlético-MG amarga na última colocação do Grupo E. Até mesmo o time venezuelano está na sua frente, pela diferença de saldo de gols. 

MAIS SOBRE:

futebolDeportivo LaraVenezuela [América do Sul]ZamoraLibertadores [Copa Libertadores da América]Atlético Mineiro
Comentários