River Plate abriga pessoas em situação de rua na noite mais fria do ano

Clube também recebeu em seu estádio doações de cobertores e roupas quentes

Relacionadas

Não é só no Brasil que as temperaturas têm caído. A madrugada desta quinta-feira também marcou a noite mais fria do ano na Argentina, onde os termômetros registraram 3°C, com sensação térmica de -1°C, segundo o site Metereored. Pensando nisso, o River Plate resolveu ajudar.

O clube argentino abriu as portas do Monumental de Núñez para receber as pessoas em situação de rua. Além disso, também divulgaram o pedido de doação de cobertores e roupas quentes para mantê-los aquecidos. Alimentos e bebidas quentes também foram distribuídas.

O feito está sendo realizado em parceria com a organização comunitária Rede Solidária, que ajuda a coordenar as doações. "Solidariedade com as pessoas vivendo na rua", disse Juan Carr, criador da Rede, pelo Twitter. "Juntos somos maiores", constatou o clube ao divulgar fotos da ação.

Uma pessoa de 52 anos foi encontrada morta há alguns dias na cidade de Buenos Aires depois de passar a noite na rua. Outras quatro mortes foram reportadas no centro do país, segundo a Rede Solidária.

O River Plate continua em sua pré-temporada, treinando e fazendo amistosos nos Estados Unidos. Nesta quinta-feira, enfrenta o clube Ventura Fusion na Universidade da Califórnia em Los Angeles.

MAIS SOBRE:

futebolArgentina [América do Sul]morador de ruaRiver Plate
Comentários