Rodrygo mata aula por Libertadores e brinca: 'Não vão ficar bravos, né?'

O jovem de 17 anos se tornou o jogador mais novo a marcar na Libertadores

Relacionadas

Rodrygo Goes não foi para a escola na última quinta-feira, dia 15. No entanto, o jogador espera que os professores possam entender. Se forem santistas, melhor ainda, já que o motivo da ausência do atacante foi o jogo do Peixe pela Libertadores.

Zerou a web: Santos cutuca Corinthians após fim das negociações com Zeca

Conheça o meia do Barça de 14 anos que tem 1 milhão de seguidores no Instagram

Inspiração: Garotada do sub-7 do Flamengo imita Vinicius Junior em comemoração

O atleta não só esteve presente na vitória por 3 a 1 sobre o Nacional-URU, no Pacaembu, como ainda fez um golaço histórico. "Noite maravilhosa! Jogador brasileiro mais jovem a marcar em Libertadores!", escreveu o jogador em suas redes sociais.

O jovem de 17 anos superou a marca que desde 2003 pertencia a Diego, meia revelado pelo Santos. Diego, hoje no Flamengo, marcou na vitória do Santos contra o América de Cali, na Colômbia, por 5 a 1, em 2003.

Na entrevista coletiva, ao lado do técnico Jair Ventura, Rodrygo também falou sobre a ausência na escola. Atualmente o atacante está no terceiro ano do ensino médio. "Acho que eles não vão ficar bravos por eu ter faltado hoje, né? Dá para conciliar bem", brincou o menino.

Veja o gol:

MAIS SOBRE:

FutebolPacaembu [estádio São Paulo]ensino médioescolaLibertadores [Copa Libertadores da América]
Comentários