Ronaldinho será candidato a senador pelo partido de Bolsonaro, diz jornal

Ex-jogador anunciará filiação e candidatura pelo Patriotas em 2018

Relacionadas

Como especulado há algumas semanas, Ronaldinho Gaúcho deverá realmente se candidatar ao cargo de senador pelo Estado de Minas Gerais. De acordo com a jornalista Juliana Braga, no blog de Lauro Jardim, no jornal O Globo, o ex-meia acertou sua filiação ao Partido Ecológico Nacional (PEN), futuro Patriota, o mesmo pelo qual o deputado federal Jair Bolsonaro (RJ) disputará a presidência do País em 2018. 

Segundo a publicação, Ronaldinho deverá oficializar sua associação à legenda e a candidatura no ano que vem, somente depois de Bolsonaro fazer o mesmo. 

 

Ronaldinho pode se candidatar em 2018 pelo partido de Bolsonaro, diz site

Jogadores do Independiente festejam título em janela quebrada de ônibus

+ Siga o Fera no Twitter!

 

Ainda conforme o blog, o ex-jogador cogitou anunciar sua pré-candidatura no último sábado, 9, quando atuou em uma partida beneficente no Mineirão. No entanto, em função das fortes chuvas que caíram sobre o Estado, achou melhor adiar. 

Em sua chapa para o Senado, o suplente será Somália, também ex-jogador que atuou pelo América-MG e Fluminense. 

A candidatura de Ronaldinho já havia sido especulada no final do mês passado. À ocaisão, o blog "UOL de Primeira", do UOL Esporte, havia publicado que o ex-jogador do Barcelona havia sido convidado pelo PEN para disputar o pleito de 2018. 

 

 

MAIS SOBRE:

futebolRonaldinho
Comentários