Rooney é multado em mais de R$ 1 milhão após ser pego dirigindo embriagado

Atacante do Everton também terá que fazer 100 horas de trabalho comunitário

Relacionadas

O Everton multou nesta quarta-feira, 20, o atacante Wayne Rooney com a perda de duas semanas de salários após ele ter se declarado culpado de dirigir sob efeito de álcool. A equipe de Goodison Park doará o valor, de cerca de 340 mil euros (R$ 1,25 milhão), à organização beneficente Everton in the Community, que atua na cidade de Liverpool desde 1998.

Rooney se declarou culpado na última segunda-feira, 18, de dirigir embriagado. O craque foi condenado a realizar 100 horas de trabalho comunitário e ficará sem carteira de motorista por dois anos.

Durante uma audiência realizada no tribunal de Stockport, na cidade de Manchester, o atacante pediu perdão por seu comportamento e reconheceu que dirigir embriagado era imperdoável. O artilheiro, que trocou o Manchester United pelo Everton nesta temporada, foi parado por agentes britânicos no último dia 1º de outubro na cidade de Wilmslow, no condado de Cheshire.

Os policiais notaram que Rooney tinha ingerido bebidas alcóolicas e o prenderam por conduzir sob efeitos da substância. O atacante foi libertado após pagamento de fiança. As provas apresentadas constaram que Rooney conduzia com um nível de álcool no organismo três vezes superior ao limite permitido.

Em comunicado, o atacante declarou que já tinha pedido desculpas ao técnico do Everton, Ronald Koeman, aos companheiros de clube, à esposa e aos três filhos pelo incidente.

MAIS SOBRE:

FutebolEvertonWayne RooneyManchester United Football ClubRonald KoemanfutebolBebida Alcoólica
Comentários