Rumo à Libertadores, Chapecoense desembarca sob aplausos na Venezuela

Equipe é recepcionada com festa pela torcida de Maracaibo

Relacionadas

Depois de 30 horas de viagem, a Chapecoense desembarcou em Maracaibo, na Venezuela, para sua estreia na Libertadores. A chegada da delegação foi motivo de festa no aeroporto, que recebeu os jogadores com uma salva de palmas. 

O próximo confronto da equipe catarinense, que está invicta a cinco partidas, será contra o Zulia, nesta terça-feira, pela abertura do Grupo 7. Apesar do longo trajeto, o grupo mostra sua empolgação ainda no saguão do aeroporto, onde foram recepcionados com o carinho da torcida local e falaram sobre a viagem e o momento do clube. "É muito diferente. São várias escalas, jogamos em um continente muito grande, mas tudo isso faz parte do preço de jogar uma Libertadores. Com certeza, na terça-feira estaremos preparados, independentemente do quão longa foi a viagem", conta o goleiro Arthur Moraes, ao site globoesporte.com.

Ainda nesta segunda-feira, os comandados pelo técnico Vagner Mancini participarão de um treino no estádio Pachencho, para se familiarizar com o palco da partida. A lista de inscritos na competição, com a presença dos sobreviventes Alan Ruschel e Neto, que ainda estão em processo de recuperação depois do acidente aéreo, também será divulgada pela Conmebol. Dos 30 relacionados, Zeballos, Rossi, Hiago, Lucas Mineiro e Perrotti não estão na Venezuela.

MAIS SOBRE:

FutebolChapecoense
Comentários