Sané deixa concentração da seleção alemã após conversa com Joachim Löw

Alemanha se prepara para um amistoso neste domingo diante do Peru

Relacionadas

Na última sexta-feira, parte da imprensa afirmava que o meia Sané teve um desentendimento com o treinador Joachim Löw e, por isso, abandonou a concentração do time que se prepara para um amistoso neste domingo diante do Peru.

A informação de que ele deixou a o hotel foi confirmada pela própria federação em suas redes sociais, mas os motivos foram outros. "Leroy Sané deixou o hotel da seleção em Munique por razões pessoais e não estará disponível para o duelo com o Peru", escreveram. 

Neste sábado, o jogador publicou em suas redes sociais uma mensagem que explica o ocorrido e coloca fim a especulação de uma possível briga com o treinador. Sané anunciou o nascimento de sua filha e disse que está torcendo, ainda que de longe, pela seleção alemã.

Na última quinta-feira a Alemanha encarou a França pela Liga das Nações da Uefa e ficou apenas no 0 a 0. No próximo duelo pelo torneio, os alemães enfrentam holandeses no dia 13 de outubro. 

No duelo com os franceses Sané, que não foi à Copa, entrou no lugar de Reus. No entanto, o atleta do Manchester City atuou apenas sete minutos.

Sané havia sido criticado por Toni Kroos nesta semana. O jogador do Real Madrid afirmou que a linguagem corporal de seu companheiro dava a impressão de que ele não se importava se a equipe estava ganhando ou perdendo. 

MAIS SOBRE:

FutebolFrança [Europa]Munique [Alemanha]Joachim LöwPeru [América do Sul]Alemanha [Europa]Manchester City Football ClubLeroy SanéToni KroosReal Madrid Club de Futbolrede social
Comentários