Segurança russa enquadra Canarinho Pistola em chegada da seleção a Moscou

Mascote foi retirada de hotel onde esperava a delegação brasileira

O Canarinho Pistola roubou a cena durante a chegada na seleção brasileira em Moscou nesta segunda-feira para o jogo com a Sérvia, pela Copa do Mundo, na quarta-feira. A mascote agitou os torcedores que estavam no hotel e foi retirada do local por seguranças russos.

+ Panini lança figurinhas atualizadas dos jogadores da Copa do Mundo da Rússia 

+ Choro de Son, sul-coreano que pode ter que servir o exército após a Copa

+ Haja coração! Portugal sofre para garantir vaga e internet vai à loucura

Enquanto o Canarinho Pistola dançava e os torcedores gritavam "Uh! É Canarinho", os seguranças chegaram no local e proibiram a permanência da mascote no corredor de isolamento. Fora do hotel, o Canarinho aproveitou para tirar selfie com os fãs e até tocou surdo esperando a chegada dos jogadores. Veja o vídeo:

Pouco tempo depois a polícia autorizou a entrada do Canarinho na porta do hotel. Enrolado em uma bandeira do Brasil ele cumprimentou todos os jogadores da delegação brasileira. 

A multidão que estava no local fez festa com música, vibração, foguetório e cantoria após o time encarar um voo de duas horas desde Sochi e mais 45 minutos de trajeto da saída do aeroporto.

Em Moscou, a seleção brasileira faz um treino na tarde desta terça-feira na arena Spartak, local da partida com Sérvia, na quarta. Um empate basta para levar o Brasil para as oitavas de final da Copa do Mundo.

 

MAIS SOBRE:

FutebolCopa do Mundo Rússia 2018 [futebol]Canarinho Pistola
Comentários