Sem clube, lateral que ganhou chuteira de R. Gaúcho cogita leilão

Em entrevista ao Globoesporte.com, jogador relatou dificuldades financeiras

Você já imaginou ter a chuteira de um dos seus maiores ídolos do futebol? Não só seu, na verdade. Um ídolo mundial te entregando o presente em suas mãos. Pois bem, agora imagina uma situação em que você é obrigado a se desfazer do objeto. Parece loucura, mas é exatamente isso que está acontecendo com Rodrigues.

+ Com Bruna de primeira-dama, leilão de Neymar arrecada R$ 3,5 milhões​

+ Tatuador exibe nova arte no peito de Neymar: 'Gigante por Natureza'

+ Casagrande narra como ficou um mês sem usar drogas durante a Copa da Rússia

Em entrevista ao Globoesporte.com, o lateral que ganhou fama ao atuar pelo Duque de Caxias abriu seu coração e contou as dificuldades que tem passado. Mas pode ter uma solução: leiloar o maior troféu que recebeu na carreira.

Em 2012, o atleta marcou um lindo gol de falta no Flamengo, o que fez com que Ronaldinho Gaúcho presenteasse o lateral-esquerdo com as chuteiras que utilizou no jogo. Na época daquele jogo válido pelo Carioca, disputado no Maracanã, Rodrigues, que tinha 25 anos, ganhava R$ 3 mil por mês.

"Logo que recebi as chuteiras me ofereceram muito dinheiro e eu falei que não ia vender. Eu já recusei R$ 20 mil pelas chuteiras", lembra Rodrigues na entrevista ao portal. 

No entanto, sua opinião está prestes a mudar. Agora com 32 anos e sem clube há quatro meses, o jogador está passando por dificuldades financeiras, o que o fez planejar um leilão para, quem sabe, mudar de ramo e arcar com a faculdade de educação física.

"Vou tentar começar com os mesmos R$ 20 mil. É algo histórico, já que o Ronaldinho parou. Todos queriam estar no meu lugar. Mas acho que não vai ter jeito", lamentou. O atleta sofreu uma lesão no joelho e precisou ficar parado por seis meses. 

"Vários clubes que eu joguei também não honraram com suas palavras e pagamento. Muitos me devem até hoje. Aí fica difícil", reclama. Além do Duque de Caxias, Rodrigues passou pelo Nova Iguaçu, Madureira, Audax, Brusque, Mogi Mirim e Imperatriz.

MAIS SOBRE:

FutebolDuque de Caxias [RJ]FlamengoRonaldinho GaúchoMaracanã [estádio Rio de Janeiro]educação físicaleilãoCampeonato Carioca de Futebol
Comentários