'Time dos engenheiros' e de Pogba é bicampeão baiano do torneio de Neymar

Após 'benchmarketing', Profís 2.0 se tornou assumidamente retranqueiro

Relacionadas

Com vitória emocionante nos pênaltis contra o Atlético Baiano, o Profís 2.0 se tornou, neste sábado, 27, bicampeão da seletiva baiana do Neymar Jr's Five, maior campeonato de futebol amador do mundo. Formada por amigos que se conhecem desde os oito anos de idade, a equipe conta com um técnico/ preparador físico, dois estudantes do último ano do curso de engenharia de produção e também do Pogba do Nordeste. 

Assim como no ano passado, o Profís 2.0 chegou ao troféu sem tomar um gol sequer. A estratégia do time está apoiada em uma das regras vitais do campeonato, que é a perda de um jogador em caso de gol sofrido.

Quem teve a ideia de mudar a postura do time foi o capitão Lucas Santos, de 24 anos, um dos futuros engenheiros do elenco. "Utilizamos o benchmarketing. Uma teoria que vi na faculdade, na qual podemos copiar a tática adversária a nosso favor. A maioria dos times jogava desse jeito e dava certo. Então, quando encontramos uma tática positiva, nós a adotamos no nosso time", declarou Lucas, logo depois da final.

Segundo Pedro Neto, que é técnico e preparador físico do time há três anos, a mudança de estratégia aconteceu durante o ano passado. "Atacávamos demais e tomávamos muitos gols. Esse ano, aprendemos a defender mais porque, se não tomarmos, conseguimos fazer mais gols, já que não perdemos jogador. Então, primeiro defendemos e, depois, fazemos os gols nos contra-ataques." 

Mas se engana quem pensa que o time conta com apenas essa técnica. "Nós temos atletas muito habilidosos e, nesse caso, partimos mais para a jogada individual. Nós vamos arriscar mais, mas iremos manter a mesma linha defensiva. Partimos para o mano a mano e vemos quem se dá melhor", argumenta o técnico.

Toda essa ideia de jogo não é improvisada nas partidas. O time se encontra quatro vezes por semana para realizar treinamentos. "Nós alternamos as atividades. Duas vezes por semana temos trabalho na academia, para fortalecimento muscular e preparo físico, e nos outros dois dias trabalhamos no ginásio."

 

POGBA DO NORDESTE

Um dos destaques do Profís 2.0 é o estudante Antônio Carlos, de 20 anos. Mais baixo que os companheiros, ele é um dos atacantes responsáveis por rabiscar a defesa adversária. Além da sua habilidade, ele também é conhecido por ser o Pogba do Nordeste. Mas isso não tem nada a ver com sua postura em campo, e muito menos com a sua altura. 

"Isso é brincadeira deles. Fizeram isso porque pintei o cabelo de loiro e passaram a me chamar assim", revela, entre risadas. Perguntado se acompanha o meia francês, afirma ser "impossível não gostar daquela fera". 

Mas sua verdadeira inspiração é Neymar. Com o título da seletiva baiana no ano passado, Antonio Carlos pôde participar da final nacional, no Instituto Projeto Neymar Jr., na Praia Grande, no litoral de São Paulo. Na ocasião, ele chegou a se encontrar com o grande ídolo. "A gente tirou uma foto, meio de longe assim, mas já deu para sentir como é a emoção de estar perto do craque." 

O time campeão mundial do Neymar Jr's Five terá a chance de jogar justamente contra a equipe formada pelo próprio craque e seus amigos. Sobre a possibilidade, Antonio Carlos diz que se sentirá "honrado". "Vou ficar muito feliz de jogar contra o meu ídolo, quem vi desde moleque." 

 

*O repórter viajou a convite da Red Bull

MAIS SOBRE:

futebol neymar jrs five Salvador Neymar
Comentários