Sim, ele falou isso: Gum parabeniza VAR inexistente em jogos do Brasileirão

Zagueiro se confunde em lance em que o paraguaio Romero foi expulso

Relacionadas

O zagueiro Gum chamou as atenções duas vezes na partida do Fluminense contra o Corinthians. Na primeira, ele marcou o gol que definiu a vitória do tricolor carioca por 1 a 0. Na segunda, parabenizou o árbitro de vídeo pela atuação no lance em que Romero foi expulso. Só havia um detalhe: o VAR ainda não é utilizado no Brasileirão.

"Parabéns ao árbitro pela partida. Um lance decisivo, foi muito clara a expulsão. Por mais que os jogadores do Corinthians tentaram falar que não foi, mesmo com a marca visível no rosto do Digão, onde pegou a cotovelada. Parabenizar pelo árbitro de vídeo, porque hoje ajudou muito, um lance decisivo, uma expulsão correta, e se não tem esse árbitro de vídeo poderia complicar um pouquinho na interpretação do árbitro", declarou o jogador em entrevista à beira do campo.

Na sequência, o defensor do Fluminense foi informado pelo repórter da Rede Globo que o VAR ainda não está presente nos jogos do Campeonato Brasileiro. O jogador demonstrou surpresa, mas reforçou o apoio para que o árbitro de vídeo esteja presente também no principal torneio nacional, dizendo que erros que definem campeonatos podem ser evitados.

Posteriormente, na zona mista, Gum disse que já estava sabendo das brincadeiras e não via problema. "Isso é legal, é importante, é bom dar risada mesmo. Só que quando é bom, a gente se acostumamos (sic)", disse, antes de manifestar apoio à utilização do VAR no Brasileirão em 2019.

No Brasil, o VAR é utilizado apenas na Copa do Brasil. Para o Campeonato Brasileiro, a maioria dos clubes votou contra a utilização da tecnologia após serem informados pela CBF de que teriam que arcar com os custos da instalação, de R$ 1 milhão por agremiação, antes do início da edição de 2018 do certame.

Veja algumas das reações à fala do jogador do Fluminense.

 

MAIS SOBRE:

FutebolfutebolFluminenseCampeonato Brasileiro de FutebolCorinthiansarbitragem esportiva
Comentários