Simeone fala sobre carreira do filho: 'Infelizmente, nunca vou contratá-lo'

Técnico do Atlético de Madri não pretende ter uma relação profissional com Giovanni Simeone

Relacionadas

Acompanhando a carreira do filho no futebol, o técnico Diego Simeone não esconde as dificuldades que teria para treinar o garoto Giovanni. Segundo o treinador, é algo que nunca deve acontecer.

De acordo com o jornal espanhol Marca, Simeone vê com atenção o bom desempenho do filho, mas ter uma relação profissional com ele não está nos seus planos. "Ele é um menino que tem tudo, mas, infelizmente, eu nunca vou contratá-lo. Eu não quero dizer 'nunca', mas é muito difícil ter o seu filho no vestiário, tanto para mim quanto para nossa relação", explica.

Giovanni marcou o seu terceiro gol na vitória da Argentina sobre a Guatemala no último sábado. O atacante foi titular durante toda a partida.   Ele já vestiu a camisa do Genoa e atualmente está na Fiorentina. Ao todo, soma 29 gols e oito assistências em duas temporadas na Europa.

Alvo de grandes clubes europeus, o filho de Simeone poderia interessar o Atlético de Madrid, mas o técnico já negou essa possibilidade. "Em cinco e seis anos, ele adquiriu uma importância maior, e nós falamos sobre essas situações. Talvez no dia em que eu não estiver mais no Atlético de Madrid, ele poderá estar apto para integrar o clube", afirma o treinador. 

 

 

MAIS SOBRE:

FutebolDiego SimeoneEuropa [continente]Atlético de Madrid
Comentários