Operação para a Copa pode beneficiar criminosos na Rússia, diz sindicato

Equipes policiais estão ocupadas em diversas cidades para aumentar a segurança nas sedes do Mundial

Relacionadas

Com a chegada da Copa do Mundo da Rússia, um líder sindical afirmou que os criminosos poderiam se beneficiar no país. O principal motivo são as equipes policiais que estão ocupadas em diversas cidades para aumentar a segurança nas sedes do Mundial.

+ Pikachu volta a ganhar destaque e é eleito o Fera da 11ª rodada

+ 'Não sei o que vou fazer', confessa Zidane após deixar Real Madrid

+ Esqueçam as vuvuzelas: conheça a colher musical dos russos para a Copa

O sindicato afirma que diversos policiais em cidades por toda a Rússia estão trabalhando por longas jornadas e as patrulhas foram reduzidas e os tempos de resposta a incidentes aumentou. 

"A situação é muito perigosa... Isso poderia levar a graves consequências", disse Vladimir Vorontsov, que representa o sindicato interregional de policiais russos, em entrevista à Reuters. 

"Você pode ter uma situação em que simplesmente não há policiais suficientes para fazer o trabalho. E os únicos a se beneficiarem disso são os criminosos", acrescentou.

As onze sedes da Copa estão recebendo milhares de policiais para lidar com os torcedores e ameaças de segurança. Além de riscos de ataques terroristas durante o torneio que terá inicio em 14 de junho. De acordo com a agência Reuters, há cerca de 900 mil policiais na Rússia.

 

MAIS SOBRE:

FutebolCopa do Mundo Rússia 2018 [futebol]
Comentários