Sob risco? Relembre as campanhas do Flamengo na Libertadores nesta década

Na atual edição, time precisa apenas de um empate contra o Peñarol fora de casa para se classificar

Relacionadas

Ontem, o Flamengo perdeu para a LDU de virada por 2 a 1 e o que parecia uma vaga assegurada nas oitavas de final da Libertadores voltou a ficar sob risco. Se precisava apenas de um empate nesta partida para garantir a classificação para o mata-mata, a derrota faz com que o jogo da última rodada, contra o Peñarol fora de casa, seja praticamente eliminatório.

Flamengo e Peñarol tem nove pontos; a LDU, com sete, enfrenta o lanterna San José em casa e, em caso de vitória, provavelmente estará classificada. No outro jogo, um empate classifica o Flamengo pelo melhor saldo de gols, o que deve fazer com que o Peñarol vá ao ataque para não depender da outra partida.

Se o panorama ainda é favorável, o histórico do rubro-negro na competição inspira cuidados. Nesta década, o Flamengo participou de quatro edições da Libertadores e caiu na fase de grupos em três.

Em 2012, o Flamengo chegou na última rodada precisando vencer o Lanús e torcer para que o Emelec não derrotasse o Olimpia. Fez a sua parte e venceu por 3 a 0; no outro jogo, o Olimpia chegou a empatar em 2 a 2 nos minutos finais, mas o Emelec fez 3 a 2 nos acréscimos e o rubro-negro foi eliminado.

Em 2014, o Flamengo enfrentou o León, do México, na última rodada, e precisava vencer para se classificar sem depender de outros resultados. Dentro do Maracanã, perdeu por 3 a 2 e, mais uma vez, caiu ainda na fase de grupos.

Em 2017, na última rodada, o Flamengo enfrentava o San Lorenzo na Argentina e o Athletico-PR jogava contra a Universidad Católica no Chile. Dentre todas as combinações de resultados possíveis, o time carioca seria eliminado apenas se perdesse e o clube paranaense ganhasse seu jogo. Foi exatamente isso que aconteceu: San Lorenzo 2 x 1 Flamengo e Universidad Católica 2 x 3 Athletico.

Já em 2018, o Flamengo fez a lição de casa e se classificou antes mesmo da última rodada. Na penúltima rodada, bateu o Emelec por 2 a 0, dois de Everton Ribeiro e já abriu cinco pontos para o terceiro colocado, o Independiente Santa Fé. Ficou em segundo lugar no grupo e enfrentou o Cruzeiro nas oitavas, sendo eliminado após perder por 2 a 0 no Maracanã e ganhar por 1 a 0 no Mineirão.

MAIS SOBRE:

futebolFlamengoLibertadores [Copa Libertadores da América]
Comentários