Técnica do Chelsea pede discussão sobre tamanho dos gols no futebol feminino

Emma Hayes disse que considerar essas discussões automaticamente como machismo atrapalham a evolução do esporte

Relacionadas

Técnica do time feminino do Chelsea desde 2012, a inglesa Emma Hayes disse que o debate sobre diminuir o tamanho dos gols e do campo no futebol feminino é válido se comparado com as modalidades femininas de outros esportes. Ela acredita que pessoas que queiram discutir o assunto com boa-fé não devem ser silenciadas ou chamadas de machistas somente por sugerir isso. 

"Vamos deixar as emoções de lado e considerar alguns fatos: a altura média de um goleiro homem no Campeonato Inglês é 1,90m enquanto na Women's Super League as goleiras têm, em média, 1,72m de altura", escreveu a técnica em artigo no jornal inglês The Times. Ela argumenta que deixar os fatos de lado e jogá-los como sexismo impede o esporte de evoluir. 

"Nós ouvimos frequentemente, mesmo entre apoiadores do futebol feminino, que a qualidade das goleiras é a responsável por um baixo nível do esporte, mas isso tem a ver com a qualidade delas ou é um erro básico de ciência?", continua Hayes, explicando que em outros esportes a modalidade feminina conta com adaptações que levam em conta as necessidades das mulheres, como basquete e corrida com obstáculos.

"O debate sobre essas situações no futebol feminino sempre é silenciado com um medo irreal que qualquer mudança vai estragar o esporte ou com seu ideal de equidade", continuou. "Mesmo eu, quando sugeri isso, fui acusada de tentar acabar com as conquistas que o esporte teve."

A técnica bicampeã do Campeonato Inglês feminino com o Chelsea concluiu o artigo pedindo que as pessoas não se sintam intimidadas em discutir as diferenças entre as modalidades masculina e feminina do futebol e que essas conversas não sejam automaticamente tachadas como machismo. "Um debate construtivo tem que ser encorajado."

MAIS SOBRE:

futebolfutebol feminino
Comentários