Técnico chora após ser campeão e cumprir promessa feita ao filho morto

Antonio Mohamed, do Monterrey, perdeu o filho, Farid, após acidente de trânsito na Alemanha

Antonio Mohamed foi o comandante do Monterrey na conquista do 'Apertura' da Liga MX 2019-20, confirmada neste domingo após derrota para o America por 2 a 1 no tempo normal e vitória nos pênaltis. O treinador chorou copiosamente no banco de reservas após a vitória.

Relacionadas

A emoção não era unicamente por conta da vitória futebolística: Mohamed também havia acabado de cumprir uma promessa feita ao filho, Farid, que faleceu em um acidente de carro em 2006 - o garoto tinha apenas nove anos. Antonio havia dado sua palavra de que seria campeão mexicano pelo time de Farid, o Monterrey.

Em 2006, Antonio era o técnico do Huracán, da Argentina, e viajou com a família para assistir a Copa do Mundo na Alemanha. Após assistirem à partida entre o time da casa e os argentinos nas quartas de final, ele retornava com a mulher e o filho em um motorhome quando foi atingido por outro veículo. Farid chegou a ser hospitalizado, mas não resistiu e morreu.

Desde então, o técnico passou por times como Veracruz, Tijuana e América. No Monterrey, foi treinador entre 2015 e 2018 e voltou em 2019 para conquistar o primeiro título na Liga MX e cumprir a promessa.

"(Dedico) a minha mãe, a meu pai e a meu filho. Eles devem estar fazendo uma festa lá em cima", disse Antonio Mohamed na coletiva após a conquista, segundo o jornal Récord.

MAIS SOBRE:

futebolMonterrey [Club de Fútbol Monterrey]Antonio Mohamed
Comentários