Técnico de time que levou 12 a 0 do Barça B é preso acusado de manipulação

Filippo Vito di Pierro estaria envolvido em esquema de apostas promovido pelo grupo de investidores italianos que controlam o Eldense

Relacionadas

A polícia espanhola prendeu, na noite desta segunda-feira, o italiano Filippo Vito di Pierro, técnico do Eldense, acusado de envolvimento em manipulação de resultado, após a suspeita goleada por 12 a 0 sofrida para o Barcelona B, neste final de semana, pela terceira divisão. Além dele, também foi detido um dos diretores do grupo italiano que assumiu controle do clube em janeiro deste ano. 

A suspeita de que o resultado do último sábado havia sido manipulado surgiu logo depois do jogo. "Quando acabou a partida, subi no ônibus e me disseram que haviam jogadores no vestiário que tinham vendido a partida. Desci para o vestiário e começou a confusão. Quase houve agressões", disse Chekh Saad, atacante mauritano do Eldense. Com a derrota, o clube foi rebaixado para a quarta divisão da Espanha. 

Depois da declaração de Saad, David Aguilar, presidente da junta gestora do clube, entrou em contato com a organização do campeonato e fez uma denúncia formal à polícia, pedindo a investigação do encontro. "Ao final da partida, na viagem de volta a Elda, alguém me chamou e me disse que duas pessoas tinham dito que a partida estava comprada por uma questão de apostas e que havia conversas de WhatsApp a respeito", falou Aguilar, segundo o jornal Sport

À rádio RAC1, Saad ainda afirmou que os jogadores envolvidos no esquema teriam recebido quantias muito altas, perto do 150 mil ou 200 mil euros (R$ 497,93 mil ou R$ 663,90 mil). "Não posso falar em quantidades, mas poderiam comprar uma casa em Barcelona." 

 

 

MAIS SOBRE:

futebolfc barcelona
Comentários