Técnico de time que não caiu cumpre promessa e atravessa Itália de bike

Em Turim, ponto final da viagem, Davide Nicola homenageou o filho, que morreu em acidente na cidade

Relacionadas

O técnico do Crotone, time de futebol da primeira divisão do Campeonato Italiano, cumpriu neste fim de semana a promessa de cruzar o país pedalando, após o time ter se mantido na primeira divisão do país.

Davide Nicola, de 44 anos, passou por todas as cidades onde atuou em sua carreira como jogador e treinador, e terminou a viagem de maneira emocionada em Vigone, perto de Turim, onde o filho de 14 anos morreu em um acidente justamente quando andava de bicicleta.

Veja o mapa do trajeto:

A viagem, que chamou a atenção de toda a Itália, começou a ser projetada após uma promessa feita em abril. Naquele mês, o Crotone, na lanterna do Italiano, precisava de 14 pontos apenas para deixar a zona de rebaixamento e a tabela previa, pela frente, jogos "impossíveis": contra a campeã Juventus, Internazionale de Milão, Milan, Lazio, Torino e Sampdoria. Mesmo assim, o técnico prometeu que a equipe não cairia. Se assim fosse, ele pedalaria 1.300 km pelo país.

O milagre aconteceu, e nos últimos nove jogos, o Crotone, que segurava a lanterna, conquistou 20 dos 27 pontos possíveis - mais do que praticamente todos os times da primeira divisão, inclusive mais do que a Juventus, que levantou a taça.

Nicola saiu pedalando do Estádio Ezio Scida, em Crotone, no sul da Itália, até Turim, no norte, região onde nasceu, acompanhado pelo cunhado, um sobrinho e um membro da comissão técnica do Crotone.

A viagem também serviu para conscientizar os motoristas sobre a fragilidade dos ciclistas no trânsito.

Neste domingo, Nicola chegou a Turim e foi ovacionado por seus fãs no Estádio Filadelfia, casa histórica do Torino – seu clube de infância, onde atuou e marcou o gol de acesso à Serie A em 2006.

Confira a chegada do treinador ao ponto final de sua viagem, Turim:

 

MAIS SOBRE:

futebolCampeonato ItalianoFutebol
Comentários