Técnico do Palmeiras fala sobre demissão de Oswaldo: 'Conheço sua índole'

Comandante foi demitido pelo Atlético-MG nesta sexta-feira, depois de se envolver em uma polêmica com um jornalista

Relacionadas

Durante entrevista coletiva nesta sexta-feira, Roger Machado deu a sua opinião sobre o recente episódio com o colega de profissão Oswaldo de Oliveira, demitido pelo Atlético-MG depois de se envolver em uma polêmica com um jornalista.

+ Hit do Carnaval: marchinha reproduz briga de Oswaldo de Oliveira

+ Bravo, Oswaldo parte para cima de jornalista após empate do Atlético-MG

+ Emissora usa imagem de veado para chamar jogo do São Paulo e irrita torcedores

Tudo começou ainda na quarta-feira, após o empate com o Atlético Acreano pela Copa do Brasil. Oswaldo exibiu descontrole após ser questionado por Léo Gomide, repórter da rádio Inconfidência, tentando, inclusive, agredi-lo. 

Questionado sobre o caso, o técnico do Palmeiras ressaltou conhecer muito bem Oswaldo e falou sobre a profissão: "A estabilidade de um treinador no cargo no Brasil é de cinco meses, menor ainda quando tem um evento como esse. Me solidarizo com o Oswaldo, conheço sua índole, fui treinado por ele e recebi dele um dos melhores elogios da minha carreira", declarou.

"Não presenciei o que aconteceu. O que posso dizer pela categoria é que sentimos muito, muitas vezes na emoção do momento deixamos escapar alguma questão. Entendo o trabalho de vocês, que é importante por ser o canal de ligação com o torcedor. É importante de todos os lados envolvidos no espetáculo conviver da melhor forma. Não faz bem para o futebol", finalizou Roger Machado.

 

MAIS SOBRE:

futebolPalmeirasAtlético MineiroOswaldo de Oliveira
Comentários