Técnico do Uruguai pede e Montevidéu desiste de fazer estátua para homenageá-lo

Decisão de Oscar Tabárez foi tomada após polêmica nas redes sociais

Relacionadas

A cidade de Montevidéu desistiu de fazer uma estátua em homenagem ao técnico da seleção de futebol do Uruguai, Oscar Washington Tabárez, depois que o próprio treinador pediu para que a ideia não fosse levada adiante.

A plataforma Montevideo Decide, que apresenta proposta para a população e onde surgiu a iniciativa, informou que a decisão do treinador ocorreu em consequência da polêmica que tomou conta das redes sociais após o anúncio de que ele seria homenageado.

Alguns integrantes da oposição chegaram a considerar que os governistas estavam utilizando a seleção uruguaia para tirar proveito eleitoral. Por outro lado, alguns políticos afirmaram que Tabárez não poderia ter uma estátura antes de uma discussão a respeito da iniciativa.

Além dos políticos, jornalistas esportivos e torcedores da seleção uruguaia consideraram que existem outros ídolos mais importantes para recordar e homenagear antes do técnico. 

A ideia da estátua em tamanho real nasceu da proposta de um cidadão na plataforma Montevideo Decide, que sugeriu mudar o nome da esplanada da Intendência para homenagear o técnico. No entanto, como a troca é proibida por lei, chegou-se ao projeto da escultura, que seria feita por Alberto Morales Saravia, o mesmo autor do monumento a Luis Suárez,  localizado em Salto, cidade natal do atacante do Barcelona.

 

MAIS SOBRE:

Futebolfutebolseleção uruguaia masculina de futebolOscar Tabárez
Comentários