Técnicos de São Caetano e São Bento brigam e são suspensos para final da A-2

Equipes duelaram pelo jogo de ida da final em Sorocaba, e a equipe do ABC saiu na frente

Relacionadas

Decisão de campeonato é uma mistura de sentimentos. Tensão e alegria tomam conta dos participantes de uma final. No caso de Alexandre Gallo, técnico do São Caetano, e Edson Vieira, comandante do São Bento, foi o nervosismo que prevaleceu. 

No jogo de ida da final do Campeonato Paulista da Série A-2, disputado no estádio Walter Ribeiro, em Sorocaba, a equipe do ABC paulista garantiu uma vitória importante, por 3 a 2, e se aproximou do título, que será decidido na segunda-feira (12), às 17h, no estádio Anacleto Campanella, em São Caetano do Sul.

Ao fim do duelo, em vez dos típicos cumprimentos que estamos acostumados a ver entre os treinadores rivais, o que se viu foi uma troca de empurrões entre os comandantes das equipes finalistas. Edson Vieira cruzou com Alexandre Gallo, que comemorava a vitória, apontou e soltou algumas palavras. Ao ouví-las, Gallo se dirigiu ao técnico do São Bento, e, em tom mais hostil, peitou o treinador e começou uma troca de encaradas, empurrões e expressões pouco cordiais.

Em meio aos agarrões, jogadores das duas equipes precisaram apartar a discussão. Dada a confusão, o árbitro do jogo não teve outra opção senão expulsar os dois treinadores, que estarão impedidos de comandar suas equipes na decisão do campeonato.

São Caetano e São Bento, por serem finalistas, já garantiram o acesso à Série A-1 do Campeonato Paulista de 2021.

MAIS SOBRE:

futebolCampeonato Paulista de Futebol Série A2São Caetano Esporte ClubeSão Bento [Esporte Clube São Bento]Alexandre Gallo
Comentários