Thiago Henrique, vice-campeão da liga brasileira de Free Fire, morre em acidente

Jogador de 21 anos passava férias com a família em Pernambuco

Relacionadas

Thiago Henrique, vice-campeão da Liga Brasileira de Free Fire (LBFF), morreu na última quarta-feira, 1º de abril, em um acidente de carro, na PE-082, estrada que liga as cidades de Camutunga e Ferreiros, em Pernambuco. O jogador de esports da Vivo Keyd, de 21 anos, passava férias com a família.

Thiago dirigia sozinho, quando perdeu o controle de seu veículo e bateu em uma árvore, segundo informa a Polícia Militar de Pernambuco. Ele chegou a ser retirado do veículo com vida, mas não resistiu aos ferimentos.

A equipe de eSports Vivo Keyd havia reforçado seu elenco, para 2020, com a contratação de Thiago, que jogava ao lado de Brabox, Kroonos, Martins, Boyca e Vazily. Em nota, a organização lamentou a morte de seu jogador.

“É com profundo pesar e tristeza, o Vivo Keyd informa e lamenta o falecimento do nosso atleta de Free Fire, Thiago Henrique Fontes Gouveia. Thiago, faleceu nessa madrugada, 01 de abril, em um acidente de carro. Todos os funcionários e atletas do clube transmitem os sentimentos à família e aos amigos. Desejamos paz, luz e conforto nesse momento tão difícil. Muito obrigado Thiago, por toda sua dedicação, talento e esforço", agradeceu a equipe.

Free Fire é um jogo de tiro, do gênero Battle Royale, onde o objetivo da partida é sobreviver em um local em que você enfrenta outros jogadores. A Garena, desenvolvedora do game, também lamentou a morte do pro-player.

"Hoje recebemos uma notícia triste para toda a comunidade de Free Fire, além de amigos e familiares. Thiago Henrique, jogador profissional da Vivo Keyd, faleceu. Thiago foi finalista da Pro League e vice-campeão da primeira etapa da LBFF. Jogou com dedicação e talento junto de seus companheiros de equipe e nunca esqueceremos sua presença em nosso cenário competitivo. Lamentamos essa perda em nossa comunidade. Fica aqui nossa homenagem e sentimentos para a família. Descanse em paz, Thiago", escreveu. 

MAIS SOBRE:

eSportsvideogame
Comentários