Time da 1ª divisão argentina é denunciado por 'gato' em energia elétrica 

Acusação contra o Tigre partiu da própria empresa de distribuição elétrica da Argentina

Relacionadas

O clube argentino Tigre passou por uma situação constrangedora nesta quarta-feira. O time foi denunciado por realizar uma conexão clandestina de energia elétrica em sua sede localizada em uma província de Buenos Aires.

A denúncia partiu da própria empresa de distribuição elétrica da Argentina, a Edenor. No Twitter, eles tornaram a informação pública: "Detectamos um prédio esportivo com uma conexão direta clandestina na intersecção entre William e Carlos Gardel, em Rincón de Milberg, Tigre. O roubo de energia é um delito por lei que afeta o serviço que você paga. #ProgramaEnergiaTransparente", escreveu a empresa.

"O operativo foi realizado ontem por nossos técnicos e sob presença policial. O prédio, ao não ter medidor, não registrava consumo de energia. Assim mesmo, causava desequilíbrio na rede elétrica da zona e colocava em risco a segurança dos vizinhos", acrescentou a Edenor.

Em campo, o Tigre ocupa a 17ª colocação do Campeonato Argentino. A próxima partida da equipe está marcada para o dia 26 de janeiro, contra o San Martín Tucumán, no Estádio José Dellagiovanna.

MAIS SOBRE:

futebolArgentina [América do Sul]energia elétrica
Comentários