Time de futebol feminino do Tibet tem entrada barrada nos EUA

Embaixada norte-americana teria dito que jogadoras 'não tinham razões fortes para ir a Dallas', cidade em que disputariam um torneio

Relacionadas

Ao menos 15 jogadoras do Tibet Women's Soccer foram impedidas de embarcar em um voo de Nova Déli, na Índia, para os Estados Unidos. A equipe participaria de um torneio de futebol feminino em Dallas, no Texas, marcado para ocorrer entre 9 e 16 de abril. As informações são da Associated Press.

A maioria das jogadoras são refugiadas na Índia e, portanto, portavam certificados de identidade do país destinados a imigrantes. Ao jornal The Guardian, a capitã da equipe, Jamyang Chotso, disse que a embaixada dos EUA afirmou que "elas não tinham razões fortes para ir a Dallas".

O Departamento de Estado do país não revelou detalhes sobre o incidente. "Elas não tiveram oportunidade para se defender", explicou a treinadora da equipe, Cassie Childers, que é norte-americana. 

A viagem seria bancada pela organização do torneio, no qual a equipe disputaria três partidas contra times locais. No país, as garotas também fariam visitas a universidades e escolas para tentar bolsas de estudo.

"Essa era a maior oportunidade da vida dessas jovens. E era uma oportunidade ainda maior para os Estados Unidos de receber um dos times mais inspiradores do mundo, que superou tantas coisas apenas para poder chutar uma bola", disse a treinadora. 

 

MAIS SOBRE:

FutebolEstados Unidos
Comentários