Time holandês lota estádio com 15 mil bichos de pelúcia, que serão doados

Brinquedos que estavam na arena do Heerenveen irão para fundação que atende crianças hospitalizadas com câncer

Relacionadas

O Heerenveen, time da primeira divisão holandesa, não tinha torcedores nas arquibancadas no jogo deste sábado, contra o Emmen, mas as cadeiras não estavam vazias. 15 mil bichinhos de pelúcia, devidamente trajados com a camisa do clube, estavam ali.

Os brinquedos serão doados à Stichting Kinderen Kankervrij (KiKa), uma fundação que atende crianças com câncer. Todo ano, a torcida de outro time, o Den Haag, faz uma "chuva" de bichos de pelúcia para as doações, que este ano não será possível por conta das restrições do coronavírus. Então, o Heerenveen, em parceria com uma indústria farmacêutica que já doa medicamentos à KiKa, realizou a ação.

"Durante os primeiros meses da pandemia, muitas crianças com câncer ficaram invisíveis, porque o atendimento foi adiado. Infelizmente, agora estamos nesta situação novamente. Ao mesmo tempo, fomos apresentados aos estádios de futebol vazios. É por isso que nós encorajamos os jogadores com milhares de ursinhos da KiKa com a camisa do Heerenveen. E nós expressamos nosso apoio a todas as crianças com câncer, dizendo que não as esqueceremos", afirmou Frits Hirschstein, diretor e fundador da KiKa.

E os bichos de pelúcia teriam ficado felizes com o resultado do jogo: o Heerenveen goleou o Emmen por 4 a 0. A equipe está bem nas primeiras seis rodadas do Campeonato Holandês, ocupando a terceira colocação na tabela com 13 pontos.

MAIS SOBRE:

futebolcâncerCampeonato Holandês de Futebol
Comentários