Time inglês decide leiloar camisas para ajudar vítimas de terremoto no México

West Ham, clube onde atua o mexicano 'Chicharito' Hernández, ficou bastante comovido com a catástrofe

Relacionadas

O West Ham United, clube em que joga o atacante mexicano Javier 'Chicharito' Hernández, leiloará as camisas que serão usadas por seus jogadores no jogo deste fim de semana contra o Tottenham Hotspur para arrecadar fundos para ajudar os afetados pelo terremoto que sacudiu o México na última terça-feira.

O clube informou que dobrará o valor arrecadado no leilão e que o dinheiro será doado à instituição 'YoXMexico', de Chicharito e de seu compatriota Miguel Layún (Porto), que entregará alimentos e provisões através da Cruz Vermelha e da organização Los Topos, especializada na limpeza de escombros. "As notícias e os efeitos devastadores do terremoto de terça-feira no México comoveram a todos. Apesar de desastres como este parecerem muito distantes, é importante continuar ajudando onde pudermos", disse David Sullivan, copresidente do West Ham.

"Javier uniu forças com Miguel Layún para arrecadar fundos para ajudar seus compatriotas neste momento de necessidade, e acreditamos que este leilão será capaz de arrecadar uma quantia significativa para a sua iniciativa", acrescentou. "Embora seja só um pequeno gesto do clube, vamos dobrar qualquer quantia arrecadada no leilão, e esperamos que isso possa fazer uma pequena diferença para o povo do México", disse Sullivan.

O leilão terminará a próxima terça-feira, 26 de setembro. Algumas camisas que os jogadores usarão no jogo já estão à venda, como a de Chicharito, que hoje está avaliada no leilão em 2.500 libras (R$ 10,6 mil). "Estar tão longe do México e ver o sofrimento de nossos compatriotas à distância foi muito doloroso. Assim, decidimos tomar a iniciativa pelo México e dar uma mão à nossa gente", comentou o atacante.

"Sabemos que muitos nos veem como uma fonte de inspiração, mas neste caso, o que nos inspirou foi ver milhões de mexicanos saírem às ruas para ajudar sem pedir nada em troca. Esperamos, com esta iniciativa, ajudar a quem precisa e motivar mais pessoas a fazê-lo conosco", acrescentou.

"Miguel e eu estamos muito agradecidos por contar com o apoio do West Ham United e de todos os seus torcedores neste momento difícil para o nosso país. É um gesto fantástico e esperamos que nos ajude a arrecadar fundos que farão a diferença no México", completou o jogador dos 'Hammers'.

Segundo os últimas dados oficiais, o terremoto deixou até o momento 273 mortos e cerca de 2 mil feridos.

MAIS SOBRE:

FutebolfutebolCampeonato InglêsterremotoMéxico [América do Norte]West Ham United
Comentários