Time inglês doa comida que seria vendida em jogo adiado a pessoas sem-teto

Aston Villa enfrentaria o Chelsea neste final de semana, mas rodada do Campeonato Inglês foi suspensa devido ao coronavírus

Relacionadas

O Aston Villa já tinha encomendado 850 refeições e lanches para serem servidas ao seu time, funcionários e para serem vendidas no estádio no jogo contra o Chelsea, neste final de semana, que foi adiado devido ao surto do novo coronavírus. O que fazer, então?

O clube inglês tomou a melhor decisão possível: através de sua instituição de caridade, anunciou que doaria a comida aos sem-teto da cidade de Birmingham, pedindo que organizações que cuidam da população de rua entrassem em contato com o time.

Posteriormente, o clube anunciou que todas as 850 refeições haviam sido doadas a abrigos e organizações de caridade, e agradeceu aos seguidores por evitar que a comida fosse desperdiçada e chegasse a quem realmente necessitava.

A situação do novo coronavírus na Inglaterra fez com que o Campeonato Inglês fosse suspenso por duas semanas. Mikel Arteta, técnico do Arsenal, e Callum Hudson-Odoi, meiocampista do Chelsea, foram diagnosticados com a doença.

MAIS SOBRE:

futebolAston Villa Football ClubcoronavírusCampeonato Inglês de Futebol
Comentários