Nove times ingleses pedem o cancelamento da lei seca em estádios

Times do futebol inglês decidiram se posicionar contra a proibição instalada em 1985

Relacionadas

De acordo com a rádio Talk Sport, nove clubes do futebol inglês decidiram se posicionar contra uma regra que foi instalada nos estádios de futebol do país a mais de trinta anos: a proibição do consumo de bebida alcoólica nas arquibancadas, lei vigente na Inglaterra desde 1985.

De acordo com a reportagem, Ipswich Town ( da segunda divisão); Sunderland, Doncaster Rovers e Accrington Stanley (da terceira divisão); e Port Vale, Forest Green Rovers, Lincoln City, Tranmere Rovers e Northampton Town (da quarta divisão) enviaram um documento às autoridades pedindo que liberem o consumo da bebida.

A ideia para convencer os governantes é baseada em quatro principais argumentos: melhorar a experiência dos torcedores, diminuir o consumo de bebidas alcoólicas antes, depois e durante o intervalo dos jogos, aumentar a receita dos clubes e igualar os direitos com outros esportes.

A proposta foi aprovada pela Federação de Torcedores de Futebol (FSF). No entanto, foi recebida com resistência pelas autoridades. Em entrevista à rádio, o Ministério do Interior Britânico comentou o desejo dos clubes. "Estamos satisfeitos com a legislação vigente: ela é necessária e adequada. O futebol tem riscos de ordem pública e muitos incidentes de desordem relacionados ao álcool em excesso".

O pedido surge em um momento de crescente preocupação com o ressurgimento da violência liderada por hooligans. Os incidentes causados por torcedores ingleses, em Sevilla recentemente e em Amsterdã em março, por jogos da seleção fora do país, levantaram a possibilidade de pedir às cidades estrangeiras que restringissem a venda de álcool aos torcedores quando receberem partidas do time inglês.

 

MAIS SOBRE:

FutebolInglaterra [Europa]bebida alcoólicafuteboltorcida
Comentários