Tinder e Man. United dão 'match' e conversam por acordo de patrocínio

Após fechar parceria com o Napoli, aplicativo de relacionamentos poderá aparecer pela primeira vez em um uniforme

Relacionadas

O Manchester United está em conversas para fechar um acordo de patrocínio com uma empresa de um ramo até então pouco explorado pelos times de futebol. De acordo com o jornal Daily Mail, o clube inglês deverá assinar um contrato com o Tinder, principal aplicativo de relacionamentos no mundo. 

Ao todo, o serviço conta com 50 milhões de usuários em todo o mundo e contabiliza cerca de 1 bilhão de avaliações de pretendentes por dia. 

A partir da temporada 2017/18, os times da Premier League estarão autorizados pela organização do campeonato a fecharem acordos de patrocínio para a manga esquerda dos uniformes, já que o lado direito ficará reservado para o logo do torneio. 

Segundo a publicação inglesa, este novo espaço na camisa estaria sendo avaliado em pelo menos 20% do valor pago pelos patrocinadores principais. Sendo assim, o Tinder deverá desembolsar 12 milhões de libras (R$ 49,54 milhões) por ano pela manga do United. O patrocinador master do clube é a Chevrolet, que paga 50 milhões de libras (R$ 206,44 milhões) por temporada. 

Esta pode ser a primeira vez que o Tinder aparecerá como patrocinador em um uniforme, no entanto, não é o primeiro investimento da empresa no futebol. Em maio, o aplicativo já havia fechado parceria com o Napoli e até havia criado um perfil para o jogador polonês Arkadiusz Milik. 

MAIS SOBRE:

futeboltinderManchester United
Comentários