Torcedor egípcio se emociona ao ver seu país voltar à Copa após 28 anos

Última participação da seleção egípcia na Copa do Mundo foi em 1990, na Itália

Relacionadas

Pela primeira vez em 28 a seleção egípcia se classificou para a disputa de uma Copa do Mundo. E a vaga não poderia ter vindo de maneira mais emocionante: um pênalti, convertido aos 49 minutos do segundo tempo por Mohammed Salah, do Liverpool, confirmou a vitória sobre o Congo por 2 a 1. 

Assim que a bola estufou a rede, jogadores e torcedores egípcios não contiveram as lágrimas e a felicidade. A cena vista no estádio também se repetiram nas residências do país. Um vídeo em especial ganhou repercussão nas redes sociais mostra um senhor que agradece e muito pela classificação tão suada e desejada. 

 

 

O homem na gravação é Ashraf, pai de Sophia, quem gravou o vídeo. "O time do meu pai acabou de ganhar e ele ficou assim", escreveu a mulher na publicação.

Apesar de ser o maior campeão da Copa Africana de Nações, com sete títulos, o Egito disputou somente duas Copas do Mundo, em 1934 e 1990, ambas na Itália. O país ainda teve chances de jogar os Mundiais de 1958, na Suécia, 1962, no Chile, 1966, na Inglaterra, e 1970, no México, no entanto, por diferentes razões políticas e religiosas, desistiu.

 

 

 

 

MAIS SOBRE:

futebolCopa do MundoEgito [Ásia]
Comentários