Torcedores, clubes e famosos lamentam morte de Eurico Miranda, veja reações

Dirigente comandou o clube diretamente durante doze anos, além de ter poder em outros períodos

Relacionadas

Faleceu hoje, aos 75 anos, Eurico Miranda, ex-presidente do Vasco que comandou o clube diretamente durante doze anos (três mandatos não consecutivos) e que teve muito poder no clube durante outros períodos.

O dirigente tinha a saúde debilitada desde 2018, quando descobriu um câncer no cérebro. O tratamento envolveu uma radiocirurgia e causou um derrame, o que piorou a situação do ex-mandatário. Anteriormente, Eurico já havia tido câncer na bexiga e no pulmão.

O Vasco já se manifestou, ressaltando a dor em informar a morte do ex-presidente.

Personagem muito polêmico, Eurico sempre dividiu opiniões. Presente no dia a dia do Vasco desde a década de 90, o dirigente foi homem forte do futebol durante a gestão de Antônio Soares Calçada e se tornou praticamente o estereótipo de cartola do futebol brasileiro que faz o que for para ter poder no clube. Foi presidente do clube diretamente entre janeiro de 2001 e janeiro de 2008 e entre novembro de 2014 e janeiro de 2018.

"Aqui no Vasco mando eu. Ditatorialmente", declarou Eurico certa vez, frase que resume bem a personalidade do ex-presidente vascaíno. 

Clubes adversários, ex-jogadores, opositores de Eurico na política vascaína e membros da imprensa esportiva se pronunciaram sobre a morte do dirigente. Confira:

Como não poderia deixar de ser, a morte também dividiu torcedores nas redes sociais. Veja algumas das reações de torcedores do Vasco e fãs de futebol: 

MAIS SOBRE:

futebolVascoEurico Miranda
Comentários