Torcedores ingleses são punidos por cânticos contra judeus na Copa do Mundo

Britânicos foram flagrados entoando cânticos antissemitas durante o Mundial

Dois britânicos que aparecem em um vídeo entoando cânticos antissemitas durante a Copa do Mundo na Rússia foram punidos nesta terça-feira em seu país com a proibição de acesso aos estádios por três anos.

+ Por pouco! Brasileiros reagem à (quase) eliminação argentina

+ Maradona vai à loucura e faz gesto obsceno em gol da Argentina

+ Campanha no Kosovo tenta arrecadar dinheiro para multas da Fifa a suíços

Em imagens que circulam na internet os dois homens, de 58 e 52 anos, aparecem em um bar da cidade russa de Volgogrado em 18 de junho, dia em que a Inglaterra derrotou a Tunísia por 2 a 1.

Ambos foram identificados pela polícia. Volgogrado, anteriormente conhecida como Stalingrado, foi palco de uma das mais sangrentas batalhas da Segunda Guerra Mundial.

As proibições de acesso aos estádios foram ditadas por um tribunal de Leeds. Na quarta-feira passada, um porta-voz da Associação Inglesa de Futebol (FA) havia "condenado firmemente os atos" dos torcedores, que fizeram saudações nazistas e entoaram os cânticos antissemitas. "O comportamento vergonhoso dos indivíduos neste vídeo não representa os valores da maioria dos torcedores ingleses que foram à Rússia para apoiar sua seleção", acrescentou./AFP

 

MAIS SOBRE:

FutebolCopa do Mundo Rússia 2018 [futebol]torcidaracismoantissemitismo
Comentários