Torcedores lotam aeroporto para apoiar Guerrero flagrado no antidoping

Atacante foi recepcionado por multidão no Peru depois de ter sido suspenso provisoriamente pela Fifa

Depois de ser flagrado no exame antidoping, Paolo Guerrero foi recebido neste domingo, 5, por uma multidão que lutou a entrada do aeroporto Jorge Chávez, em Lima, no Peru. O atacante do Flamengo e da seleção peruana viajou para se reunir com a Federação Peruana de Futebol (FPF), em uma tentativa de entender as razões para que seu exame antidoping realizado após o jogo contra a Argentina, no dia 5 de outubro, tenha acusado a presença de um metabólito de cocaína.

Os torcedores cantaram palavras de apoio ao atacante, pedindo que ele "resista" à situação atual. "Paolo, amigo, o povo está contigo", entoavam grande parte dos presentes no local. 

+Por doping, Fifa suspende provisoriamente Guerrero por 30 dias

+Ela fugiu! Goleiro é desarmado pelo vento e dá passe no vácuo

+ Siga o Fera no Twitter!

 

O médico da seleção peruana, Julio Segura, descartou a possibilidade de que remédios contra a gripe tenham feito o atacante ficar sob suspeita de doping. O médico também disse não acreditar que o problema com Guerrero seja resultado de negligência no manuseio das amostras coletadas depois da partida com os argentinos, em Buenos Aires.

A Fifa suspendeu o atacante na última sexta-feira, por um período provisório de 30 dias, após um "resultado analítico adverso" em exame antidoping. Guerrero não poderá atuar pelo Flamengo no período de suspensão e também ficará fora dos confrontos da seleção peruana com a Nova Zelândia, nos dias 11 e 15 deste mês, que vale uma das últimas vagas na Copa do Mundo.

 

MAIS SOBRE:

futebolPeru [América do Sul]GuerreroDopingCopa do Mundo Rússia 2018 [futebol]
Comentários